Olhando a cidade

Senhor, a cidade está cheia...

de templos vazios,
de casas sem lares,
de mãos que mendigam,
de flores sem vida...

 

 olhando-a-cidade.JPG


Vejo as ruas repletas...

de folhas caídas,
de impropérios dos homens,
de fumaça e veneno,
de robôs apressados.

E os corações transbordantes...

de promessas vazias,
de ilusões que massacram,
à espera do tudo
que o nada plantou!

Mas eis-me repleto, Senhor...

DE SAUDADES DE TI,
DE ALENTOS DO CÉU,
DO AMOR QUE ME DÁS
PARA EU DAR E SALVAR!

João de Araújo

 

 

 

?!-- Start Footer Area --> João de Araújo - Olhando a cidade