Grandeza das coisas pequenas

1 - Tentava eu, certa vez, lembrar-me do nome de um medicamento para indicação a um amigo, ouvido o médico dele, é claro. Mas como os homens dificultam as coisas, até dando nome aos remédios, não fui feliz no esforço de memorização. E o amigo não pôde valer-se do remédio, como eu não pude, como queria, ter servido o amigo. Dir-me-ia, talvez, a Raposa em diálogo edificante: “Não te deprimas, amigo, neste planeta os homens não estão empenhados na promoção de gestos fraternos. Estarão depois, quando aprenderem a cativar”!

 

2 - E pensava comigo: é interessante, as coisas mais belas da vida, as que mais empolgam, são justamente as que têm nome mais simples, sem W e sem Y, e que todos podem falar facilmente: Pai, Mãe, Céu, Amor, Luz, Flor, Pão... e, como sublimação de tudo: Deus!

 

3 - Desfilava, assim, na minha mente esta série de nomes pequenos, todos tirados de pura simplicidade. O silêncio mergulhou-me na realidade. E a realidade convidou-me a exaltar o silêncio. Cresceu-me, pois, a certeza de que tudo aquilo que é verdadeiramente nobre aponta-nos o infinito e, como para sermos adultos começamos sendo crianças, também para vivermos as grandes virtudes devemos começar por amar as pequenas.

 

4 - À medida, pois, que conquistamos a simplicidade, tudo em nós vai adquirindo um sentido novo. Inclusive a DOR, inclusive a CRUZ. Sem muitas palavras, dispensando a retórica, vai-se tornando para nós mais clara, mais evangélica, a promessa de recompensa pelo copo d’água, como mais humano vai-se tornar para nós o gesto de Verônica, ensinando-nos (quem sabe?) a enxugar lágrimas, ao invés de as provocar.

 

5 - Assim, na vivência de todas estas coisas pequenas como valores e no reconhecimento de sua dimensão também transcendental, encontrar-se-á certamente em nossa vida aquela realidade sublime, porém tão simples quanto o próprio nome: PAZ! 


grandeza-coisas-pequenas.jpg

 

João de Araújo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Este site é um pequeno serviço à formação litúrgica de comunidades cristãs.
Seu autor pode esclarecer pequenas dúvidas sobre a Liturgia.
Sinta-se à vontade para entrar em Contato.
João de Araújo - Grandeza das coisas pequenas