Acróstico de um penitente

Julgava que só eu tinha
O “brilho” na multidão,
Andava sempre na linha,
Outros sem ver em meu chão!

 

De tudo, pois, eu tão certo,
Erros em mim sem haver,
Até que Deus, de mim perto,
Refez no amor o meu ser!

 

Agora, em viva esperança,
Útil já sou para aos meus:
Jogo em time de criança
O jogo da paz de Deus!

 

Nota: O acróstico é uma composição poética em que o conjunto das primeiras letras dos versos forma verticalmente uma palavra, um nome ou mesmo uma frase.

 

João de Araújo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Este site é um pequeno serviço à formação litúrgica de comunidades cristãs.
Seu autor pode esclarecer pequenas dúvidas sobre a Liturgia.
Sinta-se à vontade para entrar em Contato.
João de Araújo - Acróstico de um penitente